sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

FOME

 Escrevi ouvindo "DUST" do "THEATRES DES VAMPIRES"





Em tantos corpos te busquei
em lábios de desejo e febre
Libido e fogo
em olhos de obsessão
incesto e insanidade...
Quantos humanos eu tive
pra não ter você?
Quantas mãos me tocaram
Pra que eu nunca te sentisse?
Onde está você no que busco?
É inútil...
É inútil...
Nada me satisfazerá
nem beijos

sangue
orgasmos
ou palavras de suposto amor...
Minha fome é de você
apenas de você...


2 comentários:

  1. Obrigada Carmo!Sinto-me plenamente lisonjeada por seu comentário!

    Beijos de Agnes...

    ResponderExcluir